Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Mãe de Paulo Gustavo emocionou com sua despedida do filho

Déa Lúcia e o filho, Paulo Gustavo - Crédito: Reprodução / Instagram
Déa Lúcia e o filho, Paulo Gustavo - Crédito: Reprodução / Instagram

Mãe de Paulo Gustavo estava com o filho na hora da despedida no hospital e disse uma mensagem de agradecimento

A atriz Mônica Martelli falou sobre a despedida de Paulo Gustavo durante o programa Saia Justa, do GNT, na última quarta-feira, 05/05. Assim, ela contou como foi a despedida da mãe de Paulo Gustavo, dona Déa Lúcia, do filho ainda no hospital.

Mônica revelou que Déa Lúcia estava com o filho na hora da morte e disse lindas palavras de agradecimento pelo tempo que tiveram juntos em vida. “Ela é tão grande, tão genial, que, no momento da passagem do Paulo Gustavo, às 21h12, ela falava: ‘meu filho, meu filho, obrigada, meu filho, por você ter me escolhido para ser sua mãe’”, revelou.

Além disso, a artista também elogiou a mãe do seu grande amigo. “Dona Déa é uma grande inspiração e uma grande mulher. Ela tem a mesma energia do Paulo Gustavo. Eles são iguais”, declarou.

Saudade

Então, Mônica Martelli também falou de sua própria dor ao vivenciar o luto após perder Paulo Gustavo. “A dor que eu estou sentindo é do tamanho do amor que eu sentia por ele, da amizade que a gente tinha, da troca que a gente tinha…“, disse ela, e completou: “Esse buraco que o Paulo Gustavo vai deixar na minha vida, vai fazer parte da minha existência agora. Eu acho que com o tempo essa dor vai virar saudade, mas eu vou viver essa dor o tempo que ela tem que ser vivida“.

Por fim, a atriz falou da importância do amigo para a cultura brasileira e as famílias dos seus fãs. “Paulo Gustavo inspirou, transformou, ele afetou a vida de todo mundo que passou por ele. Não só das pessoas que tinham intimidade com ele, mas a vida de muitos brasileiros. O Paulo Gustavo mexeu com as famílias brasileiras através da Dona Hermínia, através da posição dele, do casamento dele, dos filhos dele. Ele conseguiu diminuir o preconceito, ele conseguiu ajudar tantas pessoas, tantos adolescentes gays no Brasil que não eram aceitos pelos pais. Esses pais amavam o Paulo Gustavo, amavam a Dona Hermínia e que, por isso, tiveram um outro olhar para seus filhos. Ele era de uma inteligência totalmente fora da curva”, relatou.

Assista ao vídeo do Saia Justa:

Após quase dois meses internado, o humorista Paulo Gustavo faleceu aos 42 anos na noite de terça-feira, 04/05, às 21h12. Ele teve um complicações graves da Covid-19. Desse modo, em suas últimas horas de vida, sofreu uma embolia gasosa e seu quadro foi considerado irreversível.