Publicidade

Klara Castanho revela que ficou grávida após violência sexual e entregou criança à adoção

Atriz Klara Castanho desabafa nas redes sociais que ficou grávida após um estupro e que colocou a criança para ser adotada

Klara Castanho
Klara Castanho. Reprodução/ Instagram

A atriz Klara Castanho se pronunciou neste sábado, 25/06, em suas redes sociais, e fez um comovente relato contando que sofreu uma violência sexual no passado.

Publicidade

Em uma carta aberta que foi publicada no Instagram, a artista contou sobre o estupro sofrido por ela e ainda revelou que gerou uma criança como consequência desse ato. Logo após o nascimento do bebê, a famosa desabafou que o entregou para a adoção.

Klara, de apenas 21 anos, explicou que a gravidez aconteceu depois de ser vítima de um crime e que ela só descobriu que estava esperando uma criança no final da gestação, após se sentir mal e procurar auxílio médico.

“Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo. No entanto, não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que eu sofri. Eu fui estuprada”, disse ela no início do relato postado na web.

“O médico não teve nenhuma empatia por mim. Eu não era uma mulher que estava grávida por vontade e desejo, eu tinha sofrido uma violência. E mesmo assim esse profissional me obrigou a ouvir o coração da criança, disse que 50% do DNA eram meus e que eu seria obrigada a amá-lo.”

Publicidade

No final, a atriz justificou a decisão de entregar o bebê para a adoção. “A criança merece ser criada por uma família amorosa (…) ela não precisa saber que foi fruto de uma violência cruel”.

Leia o relato da atriz na íntegra!

Publicidade
Siga a Márcia Piovesan no Google News e acompanhe nossos destaques