Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Mãe de Paulo Gustavo diz: ‘Filho não deveria ir embora antes da mãe’

Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, na missa de sétimo dia do filho - Crédito: Reprodução / Multishow
Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, na missa de sétimo dia do filho - Crédito: Reprodução / Multishow

Mãe de Paulo Gustavo canta em homenagem ao filho na missa de sétimo dia aos pés do Cristo Redentor e diz: ‘Foram 54 dias de sofrimento’

Mãe de Paulo Gustavo, dona Déa Lúcia emocionou os amigos e familiares durante sua homenagem na missa de sétimo dia do filho. A celebração aconteceu nesta terça-feira, 11/05, no Cristo Redentor, Rio de Janeiro, com a presença de amigos famosos e familiares. No final da missa, Déa Lúcia recebeu a palavra e lamentou a morte do filho.

Eu sou parecida com ele e ele é parecido comigo. E graça a Deus ele fez isso tudo. Meu filho passou no teste do Enem da vida, ele amou. Eu não sou forte como todo mundo diz. A minha força está em Deus. Eu peço todo dia: ‘Me ajuda, eu creio e aceito na partida do meu filho, mas me dê forças no meu coração. É a fé que me ajuda. Vou cantar o meu filho, que era fascinante”, afirmou ela.

Então, a mãe de Paulo Gustavo cantou a música Fascinação e continuou sua homenagem ao agradecer pelas orações dos fãs pela saúde do humorista durante os quase dois meses de internação.

Foram 54 dias de sofrimento, mas vocês me ajudaram. Um beijo no coração de cada um de vocês. Eu queria deixar um beijo para todos os fãs do Brasil. Que rezaram, oraram, cada um na sua religião, para que meu filho ficasse curado, ele se curou, ele foi curado, ele se foi, ele está lá em cima olhando por todos nós. Eu oro de joelhos para todas as mães que perderam seus filhos para essa terrível doença. É muito triste, filho não deveria ir embora antes da mãe, nunca. São os desígnios de Deus. Obrigado por estarem aqui comigo hoje, ajudando a gente a superar isso tudo”, lamentou.

Após quase dois meses internado, o humorista Paulo Gustavo faleceu aos 42 anos na noite de terça-feira, 04/05, às 21h12. Assim, ele teve um complicações graves da Covid-19. Desse modo, em suas últimas horas de vida, sofreu uma embolia gasosa e seu quadro foi considerado irreversível.