Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Biah Rodrigues chora ao contar que o filho foi internado

Biah Rodrigues fica emocionada ao contar da internação do filho - Crédito: Reprodução / Instagram
Biah Rodrigues fica emocionada ao contar da internação do filho - Crédito: Reprodução / Instagram

Esposa de Sorocaba, Bia Rodrigues não segura as lágrimas ao relembrar momentos de tensão com o filho: ‘Ele estava com muito desconforto’

Casada com o sertanejo Sorocaba, a influencer Biah Rodrigues apareceu chorando e emocionada nas redes sociais ao relatar a internação do filho, Theo, de 1 ano. Ela disse que o bebê precisou ficar em observação no hospital após apresentar falta de ar. Agora, com o filho recuperado e em casa, Biah veio à público para alertar outras mães sobre os sintomas e relatar tudo o que viveu.

Biah disse que o filho começou a se sentir mal no final de semana e foi internado na semi UTI em São Paulo. “Tudo começou na sexta-feira quando o Theozinho apresentou um quadro de tosse e espirro, característicos de um resfriado, de uma criança normal, até porque a gente está no inverno e as crianças ficam mais propícias a ter esses resfriados. Até então, nada para se preocupar. De sábado pra domingo começou um quadro de febre, de 38 e 39 graus. A gente começou a medicá-lo com antitérmico e acompanhar os sintomas. Na madrugada, ele não dormiu, foi uma madrugada bem intensa. Ele estava com muito desconforto, não conseguia dormir e tinha febre de 38, às vezes subia para 39. A gente dava o antitérmico, mas era questão de tempo para a febre voltar. E eu percebi que ele estava com a respiração um pouco cansada”, relembrou.

LEIA TAMBÉM: Após filho passar mal, Biah Rodrigues e Sorocaba cancelam chá revelação

Relato de Biah sobre a saúde do filho

Logo depois, ela lembrou do seu instinto de mãe ao perceber que o filho precisava de mais cuidados médicos. “Eu achei que fosse a febre, porque quando está com febre ele fica um pouco mais cansado. Quando foi no domingo de manhã, que nós estávamos nos preparativos para o Chá Revelação, que inclusive não aconteceu, foi cancelado e nós ainda não sabemos o sexo do nosso bebê. Eu percebi que ele estava extremamente cansado e molinho. Ainda assim, as pessoas que estavam ao meu redor achavam que era uma gripe, um resfriado. Gente, não é normal desconforto respiratório. Eu falei: gente, isso não é normal. Aí eu comecei a mandar um vídeo dele para todos os pediatras que eu conhecia. Daí eles falaram: corre para o pronto-socorro porque ele está com falta de ar. Fomos para um hospital mais próximo em Campinas e ele estava saturando em 83, 84, 85, e aí botamos no oxigênio para subir e usamos aquelas bombinhas. Ele teve uma melhora, fizemos o raio-x do pulmão e viemos para São Paulo“, contou.

Então, Theo melhorou ao ser medicado e ficar em observação. Agora, a família já está em casa. “Pegamos uma UTI móvel e viemos para São Paulo. Aqui ele foi para uma semi-UTI para ficar em monitoramento. A pediatra achou melhor para ele ficar em monitoramento de saturação e a saturação foi melhorando. Fizemos fisioterapia. O pediatra achou melhor entrar com antibiótico e corticóide. E foi tudo estabilizando e está voltando aos poucos. Ele está se alimentando bem. Fizemos um quadro viral e não achamos o vírus, então o médico achou que poderia ser uma bactéria. Como o pulmão estava bem cheio de catarro, os pediatras acharam melhor tomar essas providências. Se nós não tivéssemos chegado ao hospital não sei o que poderia ter acontecido“, declarou. 

Conselho para os fãs

Ao abrir o seu relato, Biah Rodrigues disse que quer usar a sua experiência para alertar outras mães sobre os sintomas que percebeu em seu filho. “Desconforto respiratório não é normal, procurem ajuda, procurem informação. Geralmente o neném força o músculo que tem no abdômen, mostra bem a costelinha, a respiração fica ofegante. Sabe esse ossinho que é tipo uma saboneteira? Ele também fica fundinho ao respirar e as narinas também abrem bastante. Tem vários sinais, fiquem atentas. Foi um baita susto, eu até choro só de lembrar. O importante é que nós tivemos alta. Ele teve uma melhora significativa. Ele não teve febre, não acordou à noite. Nós seguimos com o antibiótico em casa, ele está só melhorando, já está brincando e comendo. Acredito que até o final da semana ele vai estar zero“, finalizou.