Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Ana Paula Siebert desabafa sobre maternidade

Ana Paula Siebert, Roberto Justus e a filha, Vicky - Crédito: Reprodução/ Instagram
Ana Paula Siebert, Roberto Justus e a filha, Vicky - Crédito: Reprodução/ Instagram

Ana Paula Siebert refletiu sobre sua vida agitada com o trabalho e maternidade e também contou sobre a privatização do sono

Ana Paula Siebert desabafou sobre sua vida após a maternidade. Primeiramente, em vídeos,  ela comentou sobre as dificuldades de não conseguir realizar tudo ao mesmo tempo.

“Vou contar para vocês que nessa semana eu testei verdadeiramente a minha imunidade. Depois de ficar mudando tanto de temperatura – e assim, não é que mudei de temperatura um pouco. Mudei drasticamente. Dormi super pouco. Acho que não teve nenhuma noite que dormi mais do que cinco horas. Descobri que estou com a minha imunidade está boa, se não estaria doente”, começou ela, assim, podemos lembrar que ela foi a Caríbe e passou dias em Gramado.

Assim, ela refletiu sobre sua rotina agitada. “Eu sou aquela pessoa que precisa dormir oito horas para ficar bem. Nessa noite, dormi. Mas no meu dia a dia, depois que Vicky nasceu, nunca mais aconteceu de eu dormir oito horas. Antigamente eu conseguia. Mas hoje em dia juntou trabalho, casa, família, marido, viagem, filha. Oito horas é um luxo que não existe mais em minha vida”, contou ela.

Além disso, Ana desabafou sobre as atividades no dia a dia. “Sempre me perguntam: ‘Como você faz para dar conta de tudo?’. Gente, não dou. Chega uma hora na vida da gente que a gente tem que ter prioridade. Algumas coisas ficam abandonadas e depois a gente busca de novo, e abandona de novo. Não dá para fazer tudo. Vejo algumas amigas que vejo que às vezes ficam tentando dar jeito de tudo e ficam se matando. Então, eu falo: ‘Tira essa capa de Mulher Maravilha, porque só tem no cinema e nos filmes’. Na vida real a gente precisa aprender a fazer o que dá. O que não dá, paciência, a gente deixa para lá. Tem que aprender a ser mais desapegada com as coisas”, explicou.

Por fim, ela falou que após o nascimento de sua filha, ela está aprendendo a viver assim. “Confesso para vocês que depois que a Vicky nasceu estou aprendendo a ser assim. Eu não era, era uma pessoa super estressada. Ainda sou, sou super estressada e perfeccionista, mas estou tentando aprender a ser diferente, tentando aprender que a gente não tem o controle de tudo e está tudo bem. Está tudo certo, o importante é que a vida vai andando. Às vezes por coisas pequenas a gente se estressa e não vale à pena. É difícil para mim agir assim, mas estou tentando”, concluiu.