Reynaldo Gianecchini fala sobre Lady Night: “É um programa em que tudo pode”

Ator se divertiu ao se sentar no sofá da humorista
Giane no Lady Night
Giane no Lady Night Foto: Divulgação/TV Globo
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

O convidado do Lady Night desta quinta-feira (13) é Reynaldo Gianecchini. Entre muitos flertes e declarações, mais por parte de Tatá Werneck do que por parte do ator, eles conversaram sobre o trajeto percorrido por Gianecchini desde a infância, em Birigui, até a chegada às novelas. Num papo cheio de improvisos, humor e sintonia, houve espaço ainda para papo sério. O ator contou à Tatá que passou a cuidar mais do afeto e a contemplar a vida depois de ter estado doente, alguns anos atrás. E que o que mais sentiu falta durante o tempo em que esteve afastado em tratamento foi do mar e do sol, de estar em contato com a natureza.

Giane também se divertiu muito no programa, entrando no clima das brincadeiras da humorista. Em entrevista à CGCOM, ele falou sobre como se divertiu na entrevista com a atriz.

O que mais surpreendeu você na participação do programa?

Tudo surpreende. Nada lá é programado, então tudo me pegou de surpresa e essa foi a grande graça do programa. Eu fiquei muito presente, para poder jogar com ela, e também para oferecer material para ela brincar e brilhar cada vez mais, porque ela é genial.

O que mais repercutiu na época da exibição do programa no Multishow?

Eu lembro que muitas pessoas falaram como a genialidade da Tatá ajuda a mostrar um lado mais solto dos convidados. Muitas pessoas me falaram que não conheciam meu lado mais descontraído, divertido, que gosta de brincar.

Em um programa de entrevistas, qual tema que gosta mais de ser perguntado? E o que menos gosta?

Eu não gosto muito de ficar falando sobre minha vida pessoal, entrar em detalhes demais. Eu gosto de coisas que sejam divertidas, entrevistas que tragam histórias divertidas, sempre com humor. Mas no caso de ‘Lady Night’, tudo é muito bom. Tudo que aparece ali é gostoso, é surpreendente, para brincar, não se levar a sério. É para você não pensar muito e simplesmente estar presente com sua verdade participando da brincadeira. É um programa em que tudo pode. Qualquer coisa que ela me perguntava eu respondia com o maior prazer, sem pensar e sem deixar muito racional.

Veja mais

Últimas Notícias