Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Márcia Piovesan

Gloria Pires estreia hoje no papel de Lola

Nova novela das 18 horas mostra a história da família Lemos ao longo de três décadas

Lola, Julio e os filhos
Lola, Julio e os filhos | Foto: Globo/Raquel Cunha

Estreia hoje, dia 30, no horário das 18 horas, a novela Éramos Seis, que tem Gloria Pires, vivendo a Lola, como a protagonista da história. A família Lemos vai ser retratada ao longo de três décadas — 1920, 1930 e 1940 —, e diante dos desafios que a vida impõe, a rede de apoio que se forma ao seu redor para superá-los são o fio condutor de Éramos Seis

“A novela é sobre os laços que se estabelecem na vida e a importância da solidariedade num contexto que pode ser adverso. É sobre Lola, como ela faz para manter a união e a harmonia familiar. Sobre a força dessa mulher e de sua família, que vive com poucos recursos, mas cercada de amor”, diz Angela Chaves, autora da novela.

Lola e Júlio (Antonio Calloni) vivem dilemas comuns a muitas outras famílias. Desde a frustração de ver os filhos se desentendendo, passando por problemas de saúde de um ente querido e dificuldades financeiras. No entanto, encontram abrigo e ternura, não só com os amigos, mas dentro de casa também. A casa sempre cheia, os vizinhos sempre próximos e momentos de discussões e de delicadeza entre Lola, o marido e as crianças são rotineiros na trama. 

“É a saga de uma família através do tempo, que acompanhamos por três décadas. Uma trama emocionante justamente porque traz conflitos humanos universais, que podem ser entendidos por todos. Para contar essa história, somos guiados pelo afeto, que conduz a vida”, acrescenta o diretor Carlos Araújo.

O remake é de Éramos Seis é escrito por Angela Chaves, com direção artística de Carlos Araújo, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspiradas no livro de Maria José Dupré.

Além de ser um clássico da literatura brasileira, tendo recebido logo após seu lançamento o prêmio Raul Pompéia da Academia Brasileira de Letras, esta é a quinta vez que o romance é adaptado para a TV. A primeira versão foi em 1958 e a última, escrita por Sílvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, em 1994. Antes disso, foi adaptada para o cinema, em 1945, no filme argentino que levou o mesmo nome. 

No Brasil, destacaram-se como Lola as atrizes Nicette Bruno e Irene Ravache; e como Júlio, Gianfrancesco Guarnieri e Othon Bastos. “Sempre admirei muito este registro, a forma tão real como a autora contextualizou a época, do ponto de vista feminino. Literatura é minha primeira formação e este romance me chama atenção também por sua denúncia social. O texto do Silvio e do Rubens capta essas questões de uma forma muito sensível”, complementou Angela.

PERFIL DOS PERSONAGENS

Casa de Lola e Júlio

Lola (Gloria Pires) – É o apelido carinhoso de Eleonora Lemos, que vive para cuidar dos filhos Carlos (Xande Valois/Danilo Mesquita), Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes), Julinho (Davi de Oliveira/André Luiz Frambach) e Isabel (Maju Lima/Giullia Buscacio) e do marido Júlio (Antonio Calloni). 

Júlio (Antonio Calloni) – Marido de Lola, é apaixonado pela esposa e por sua família, mas não consegue ter com os filhos Carlos (Xande Valois/Danilo Mesquita), Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes), Julinho (Davi de Oliveira/André Luiz Frambach) e Isabel (Maju Lima/Giullia Buscacio) a mesma relação amorosa que a esposa estabeleceu com eles. Vendedor na loja de tecidos de propriedade de Assad (Werner Schünemann), tem a ambição de um dia ser rico como o chefe. 

Carlos (Xande Valois/Danilo Mesquita) – Certinho e estudioso, o filho mais velho de Lola e Júlio sonha ser médico. 

Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes) – O mais bonito e genioso dos filhos de Lola e Júlio se envolve em confusões o tempo todo e não tem bom desempenho na escola. 

Julinho (Davi de Oliveira/André Luiz Frambach) – É o filho mais ambicioso de Lola e Júlio. Desde pequeno sonha estudar engenharia e ser rico. 

Isabel (Maju Lima/Giullia Buscacio) – A caçula de Lola e Júlio é o xodó do pai, que faz todas as suas vontades. A situação incomoda Lola, que não concorda com o tratamento diferenciado dispensado pelo marido à filha.  

Durvalina (Virgínia Rosa) – Empregada da casa de Lola e Júlio há anos, ajuda na cozinha e no cuidado com as crianças.  

Itapetininga 

Maria (Denise Weimberg) – A mãe de Lola , Clotilde (Simone Spoladore) e Olga (Maria Eduarda de Carvalho) é uma famosa doceira de Itapetininga. Com a venda de seus quitutes caseiros sustentou sozinha as filhas depois que o pai delas morreu.  

Clotilde (Simone Spoladore) – Irmã do meio de Lola é prestativa, companheira, amorosa com os sobrinhos, mas muito rígida e exigente consigo mesma.  

Olga (Maria Eduarda de Carvalho) – A irmã caçula de Lola e Clotilde é a mais espevitada e fogosa das três. Diz aos quatro ventos que sonha se casar com um homem rico, da cidade, e desdenha da paixão de Zeca (Eduardo Sterblitch). 

Candoca (Camila Amado) – Irmã mais nova de Maria, que não se casou e a ajuda nas encomendas dos doces.  

Zeca (Eduardo Sterblitch) – Namorado de Olga em Itapetininga, é farmacêutico, doce e divertido, mas também meio bronco. É apaixonado por ela a ponto de fazer todas as suas vontades.  

Família Shirley

Shirley (Barbara Reis) – É mãe de Inês (Gabriella Saraivah/Carol Macedo) e vive amargurada por ter sido rejeitada quando estava grávida. Deixou, então, o passado para trás na Bahia e foi para São Paulo recomeçar a vida ao lado de Afonso (Cássio Gabus Mendes), que a acolheu junto com Inês, que considera sua filha. 

Inês (Gabriella Saraivah/ Carol Macedo) – É uma menina linda e muito inteligente. Acredita ser filha de Afonso e sentirá muito quando descobrir que não é.  

Afonso (Cássio Gabus Mendes) – Dono de um armazém na Avenida Angélica, acolheu Shirley e Inês, que assumiu como sua própria filha. É gentil e caridoso, principalmente com Lola, por quem tem um grande afeto.  

João Aranha (Caco Ciocler) – Pai biológico de Inês, tem uma família rica que não aceitou seu namoro com Shirley. Assim como ela, foi enganado e, após descobrir, passa anos à sua procura. Não é mau caráter, mas vai fazer de tudo para ter sua família unida quando a encontrar.

Casa tia Emília

Emília (Susana Vieira) – Solitária, é viúva de um homem riquíssimo e irmã do pai de Lola. Tem duas filhas, Justina (Julia Stockler) e Adelaide (Joana de Verona). Enquanto Adelaide estuda desde criança em um colégio interno na Suíça, Justina tem um distúrbio mental, não diagnosticado pela medicina da época, e mora com ela. 

Justina (Julia Stockler) – A filha mais velha de Emília vive em uma espécie de mundo paralelo, alheia a tudo o que acontece ao seu redor. 

Adelaide (Joana de Verona) – Filha mais nova de Emília, mora na Europa desde criança. Na volta ao Brasil, inicia um relacionamento explosivo com Alfredo (Pedro Sol/Nicolas Prattes). 

Higino (Thiago Justino) – O mordomo de Emília é um funcionário leal e dedicado ao cuidado dela e de Justina, a quem trata com carinho e atenção, como se fosse sua filha.

Loja de Tecidos

Almeida (Ricardo Pereira) – Melhor amigo de Júlio, com quem trabalha na loja de tecido de Assad (Werner Schünemann). Almeida é um rapaz honesto, mas quando se apaixona por Clotilde não tem coragem de revelar que é casado. 

Assad (Werner Schünemann) – Turco, dono da loja de tecidos, casado com Luci (Lavínia Pannunzio), com quem teve Soraia (Melissa Nóbrega/Rayssa Bratillieri). O que tem de tino comercial, lhe falta em generosidade com seus funcionários. Depois que a primeira mulher morre, casa-se com Karine (Mayana Neiva), mais jovem e interesseira.  

Elias (Brenno Leone) – Jovem vendedor da loja de Assad, é filho de um amigo da comunidade turca e se torna o funcionário queridinho do comerciante. 

Família Assad

Luci (Lavínia Pannunzio) – Esposa de Assad, é esnobe, frívola e faz todas as vontades da filha Soraia (Melissa Nóbrega/Rayssa Bratillieri).  

Soraia (Melissa Nóbrega/Rayssa Bratillieri) – Filha de Assad e Luci, cresce mimada e fútil como a mãe. Tem uma paixão de infância por Julinho. 

Cabaré

Marion (Ellen Rocche) – Dançarina, amante e confidente de Júlio no cabaré frequentado por ele e Almeida (Ricardo Pereira). Apesar da experiência de vida, se ilude na expectativa de que um dia o amado deixe a família e venha ser feliz com ela.

Nely (Caroline Verban) – Dançarina do cabaré. 

Alaor (Ramon Francisco) – Garçom do cabaré.

Outros

Tião (Lipinho Costa) – É o líder da turma dos meninos que Alfredo e Lúcio (Arthur Gama/Jhona Burjack) sonham integrar. 

Marlene (Walderez de Barros) – A mãe de Júlio, é uma viúva de difícil convivência. Mal-humorada até com o filho, também implica com Lola e passa longe de ser uma avó amorosa com os netos. 

Anos 30

Karine (Mayana Neiva) – Segunda mulher de Assad, ainda mais jovem, fútil e prepotente, tem uma relação de interesse com o marido, a quem chama de sultão. Não consegue se entender com a enteada Soraia, que desafia sua autoridade. 

Mais notícias para você

BBB

A ex-BBB Carla Diaz curtiu o dia na piscina neste domingo e lembrou que hoje tem paredão no BBB21, e brincou sobre não estar...

BBB

O instrutor de crossfit Arthur contou seus planos de abrir um curso Arthur já tem planos para quando sair do Big Brother Brasil. Dessa...

Famosos

A apresentadora Sabrina Sato surpreendeu a web ao aparecer com um corte diferente de cabelo e arrancou elogios nas redes sociais Sabrina Sato surpreendeu...

BBB

Além de comentar sobre atitudes que o público não gostou, Sarah Andrade falou se mudaria alguma coisa que viveu dentro da casa do BBB21...