Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

TV

Boninho revela data de estreia de “No Limite”

Boninho -reprodução - instagram
Boninho -reprodução - instagram

Diretor divulgou o primeiro teaser do novo reality

Boninho agitou a web ao revelar na noite de terça-feira 31/03, a data de estreia do novo No Limite. De antemão, o diretor contou, durante o intervalo do BBB21, que o reality de sobrevivência vai ao ar a princípio, em maio.

O vídeo compartilhado por ele traz áudios de ex-participantes superando os próprios limites e diz: “Nossa paixão por reality começou aqui”. Em seguida, ele ainda escreveu: “Tô de um olho de cabra no No Limite”, publicou na legenda.

André Marques vai comandar a nova edição da atração.

No Limite retorna para a TV com algumas novidades. Assim como na primeira edição, os participantes enfrentarão provas de resistência, mas dessa vez, nova versão terá participantes já conhecidos pelo público. É que desta vez, eles serão ex-participantes do Big Brother Brasil que ainda não foram anunciados.

“Há mais de 20 anos eu fazia parte de uma jornada que eu não imaginava o quanto mudaria a minha vida. Produzimos o primeiro reality brasileiro! O ‘No Limite’ trouxe para a televisão brasileira um formato que veio para ficar e se transformou numa paixão nacional. Um sentimento que divido com o público. A volta do ‘No Limite’ é um desejo antigo meu e de muita gente. E mais um capítulo nessa história apaixonante que é produzir um reality trazendo sempre novidades”, diz Boninho em entrevista para o Gshow.

Detalhes da atração

Quando foi exibido pela primeira vez, há 21 anos, a atração mostrou como 12 participantes conviviam, competiam e nesse meio tempo, buscavam a sobrevivência em condições adversas na fictícia Praia dos Anjos, no Ceará, durante 23 dias de programa.

De acordo com publicação do Meio &Mensagem, a princípio, a produção deverá contar com 18 participantes, que serão divididos em três grupos.

Além disso, as gravações devem acontecer no Ceará, que também foi o local escolhido para as primeiras temporadas nos anos 2000.

Ainda segundo o texto, a emissora disponibilizou seis cotas de patrocínio, com valores que podem variar entre R$ 15 milhões e R$ 30 milhões.