Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Música

Zezé Di Camargo comemora lançamento de música solo: ‘Voltei às origens’

Zezé Di Camargo - Crédito: Flaney Gonzallez
Zezé Di Camargo - Crédito: Flaney Gonzallez

Música “Vou ter de tomar uma” faz parte do novo álbum de Zezé Di Camargo e traz o título sugestivo para quem quer brindar a realização de um sonho

Zezé Di Camargo e todos os fãs estão com os ânimos a mil, esperando ansiosamente pelo lançamento do primeiro projeto solo do cantor. A grande estreia será marcada pela música ‘Vou Ter Que Tomar Uma’, que faz parte do ábum ‘Rústico’, e será disponibilizada na sexta-feira, 20/08.

O título do projeto traduz o estilo de vida que o cantor escolheu viver desde o início da pandemia, em contato a natureza, violão, música e família. Além disso, o lançamento contará com um vídeoclipe gravado em Goiânia e que estará disponível em todas as plataformas.

Pode-se esperar muita moda de viola para quem tão bem entende do público de sertanejo e que soma 30 anos de brilhante carreira ao lado do irmão Luciano“, anunciou a assessoria do artista. Assim, ressaltam que o projeto não é uma separação da dupla: “Mas, sim, um projeto pessoal pelo qual vem se empenhando há bastante tempo”, avisou.

RÚSTICO

Em nota, Zezé Di Camargo contou que o isolamento social, causado pela pandemia, contribuiu para o desenvolvimento do EP. “Eu me instalei na minha fazenda em Araguapaz (GO), onde criei e desenvolvi ‘Rústico“, começou. Resgata ainda mais a minha essência de homem do campo, do amante das rimas e das noites enluaradas. Eu não só declamei, como até profetizei em um poema que escrevi há alguns anos: ‘Nasci numa casa branca, fincada num pé de serra, onde canta os passarinhos e é mais bela a primavera”.

Sou da terra onde o mato fica verde o ano inteiro, sou do estado que pulsa o coração do brasileiro… Sou menino viajante em busca de algo mais, mas um dia eu volto e planto os meus sonhos em Goiás’. No fundo é isso: com a ausência dos shows, voltei às origens, levei a minha mulher e os meus pais para a fazenda. Lá, dia a dia, crescia a vontade de produzir algo com o meu jeito de ser. É bem assim: plantar os sonhos na minha terra”, afirmou o cantor.

De acordo com a assessoria de Zezé Di Camargo, o projeto apresentará cinco faixas, sendo quatro delas inéditas: ‘FRAUDE‘, ‘BANALIZARAM‘, ‘Vou Ter Que Tomar Uma‘, ‘35 Latinhas de Cerveja‘ e ‘Pedras‘.