Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Tiago Abravanel rebate fala de Patricia Abravanel

Tiago Abravanel e Patricia Abravanel - Crédito: Reprodução / Instagram e SBT
Tiago Abravanel e Patricia Abravanel - Crédito: Reprodução / Instagram e SBT

Em novo vídeo, Tiago Abravanel responde comentário preconceituoso da tia, Patricia Abravanel, em programa do SBT: ‘É uma questão de respeito’

O ator e apresentador Tiago Abravanel veio à público para rebater um comentário polêmico feito pela tia, a apresentadora Patricia Abravanel. Em uma edição do programa Vem Pra Cá, do SBT, ela fez comentários preconceituosos contra a comunidade LGBTQIA+ enquanto comentava a repercussão de um vídeo compartilhado por famosos.

Assim, Tiago decidiu se pronunciar para explicar o seu posicionamento sobre a polêmica e rebateu a opinião da tia.

“Vamos falar sobre um assunto delicado. Hoje minha tia, a Patrícia Abravanel, fez um comentário no programa que me pegou de um jeito que não ficou legal. O comentário que ela fez foi em cima de um ocorrido com a Rafa Kalimann e o Caio Castro antes de ontem. Eles postaram um vídeo de um pastor falando que não concordava com o casamento gay, mas que respeitava. Isso gerou algumas retratações deles dois e aí, a Patrícia e o Gabriel Cartolano comentaram esse ocorrido. E eu resolvi fazer esse vídeo, porque eu acho que assim como ela falou ao vivo o que ela pensa, eu acho que eu também preciso falar o que eu penso aqui nas minhas redes”, disse ele. 

Logo depois, ele falou diretamente para Patricia Abravanel. “Tentar falar para você, tia, o como eu me senti assistindo, tá? Eu acho que em primeiro lugar, orientação sexual não é uma questão de opinião. É uma questão de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou e ponto final”, afirmou. 

Então, o apresentador declarou: “Opinar, você opina se uma roupa é bonita ou feia para você. Se você quer café ou chá ou se você gosta de doce ou salgado, isso é opinar. A orientação sexual não é da opinião de ninguém. A não ser da pessoa que escolheu ser aquilo que ela é. Escolheu não. Ela nasceu assim. Então, não é uma questão de opinião. Ponto. Quando se opina com relação a isso. Esse é um ato homofóbico”, declarou.

Por fim, ele disse: “Eu acho, tia, que não é uma questão de tolerância, não é uma questão de calma porque as pessoas sofrem com isso, as pessoas morrem por conta disso e isso é muito sério”.