Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Neta de fã idosa de Anitta solta o verbo após avó ser acusada de invadir mansão: ‘Não vou aceitar isso’

Gabi Pinheiro alegou que modo como o documentário de Anitta retratou a avó não condiz com a realidade

Anitta. Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira, 14/01, Gabi Pinheiro, neta de Maria Ilza de Azevedo, se pronunciou em defesa da avó, após ela ser retratada como uma ‘invasora’ na mansão de Anitta, no documentário Anitta – Made in Honório, da Netflix .

Nos stories do Instagram, Gabi afirmou que a avó teria aparecido na plataforma de streaming sem autorização do uso da imagem e ainda virou piada na web enquanto estava internada.

“Não falei antes porque minha avó estava no hospital, lutando pela vida dela, na UTI, com COVID-19. Na internet estão taxando a minha avó como se ela tivesse invadido a casa da Anitta, o que não aconteceu. E ainda vincularam a imagem dela na Netflix sem a autorização”, começou. “Enquanto ela estava no hospital, lutando pela vida, várias pessoas comentando e fazendo minha avó de chacota. Isso é um absurdo e não vou aceitar isso.

Em seguida, a bailarina destacou o apoio que a avó sempre deu para Anitta, que até mesmo a chamava de ‘tia Ilza’, como aparece no documentário. “Vocês acham que uma senhora de 72 anos, idosa, recém-operada do joelho, ia conseguir invadir um condomínio de luxo? É no mínimo muito absurda essa história”, protestou.

“A mãe da Anitta deixou ela entrar. Ela foi autorizada. Na Netflix, a mãe da Anitta fala que ela invadiu a casa. Isso não existe. Ela simplesmente foi levar um presente, autorizaram a entrada dela e ela entrou. Inclusive, se prestarem atenção no episódio, minha avó não sabia que estava sendo filmada”, completou ela, ressaltando a indignação pela atitude da funkeira.

Fã idosa processa Anitta

Segundo a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Dona Maria Ilza e Azevedo, a fã idosa de Anitta, está processando a cantora e a Netflix por uso indevido de imagem.

A defesa da veterana avaliou as imagens em que aparece de maneira distorcida, que fez com que Dona Ilza passasse a ser vítima de chacota por parte da família, vizinhos e amigos, enquanto estava hospitalizada em tratamento da Covid-19.