Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Gusttavo Lima e Andressa Suita têm celulares confiscados por advogados, revela colunista

Advogados do ex-casal estariam tomando medidas radicais para eliminar suspeitas de traição que poderiam anular o contrato pré-nupcial

Gusttavo Lima e Andressa Suita têm celulares confiscados por advogados, revela colunista. Créditos: Reprodução/Instagram

Andressa Suita e Gusttavo Lima estão em meio à uma operação judicial e todo cuidado é pouco contra especulações que os comprometam.

Segundo a coluna de Leo Dias, do Metrópole, os advogados do ex-casal tiveram que confiscar seus celulares, para que possam apagar qualquer suspeitas de traição.

Isso porque, uma cláusula delicada do contrato pré-nupcial trata de traição, o que se fosse comprovado, o anularia.

Assim, os advogados do ex-casal estão encarregados de fazer uma limpa completa nos celulares, incluindo suas redes sociais.

O jornalista ainda procurou um advogado especialista em Direito da Família para falar mais sobre o contrato assinado.

“Se a questão já estiver em julgamento, ambos podem incorrer no tipo penal descrito no artigo 305 do Código Penal Brasileiro, que diz que destruir, suprimir ou ocultar, em benefício próprio ou de outrem, ou em prejuízo alheio, documento público ou particular verdadeiro, de que não podia dispor, é crime“, explicou Felipe Ferreira dos Santos, associado ao Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM).

“Quem praticar este ato estará sujeito a pena de reclusão de dois a seis anos e multa se o documento for público. Porém, se o documento for particular, a reclusão poderá ser de um a cinco anos”, continuou.

Além disso, o advogado ainda contou que qualquer tipo de relação com terceiros, até mesmo virtual, podem comprovar um adultério. Desse modo, fotos, prints e postagens podem servir como provas, afirmou ao veículo.