Publicidade

Claudia Rodrigues diz que teve experiência de quase morte

Claudia Rodrigues diz que já foi desenganada pelos médicos e até recebeu a extrema-unção

Claudia Rodrigues
Claudia Rodrigues Foto: Reprodução Instagram

Aos 50 anos de idade, Claudia Rodrigues luta para conter os avanços da esclerose múltipla – doença com a qual convive há 20 anos. Em uma entrevista para a revista Veja, ela contou que toma 9 remédios por dia e já chegou a ter uma experiência de quase morte.

Publicidade

“Passei pela situação de estar internada três meses e receber visita de um padre para me dar a extrema-unção. Numa delas, vivi o que muita gente chama de experiência de quase morte, em que a pessoa tem a sensação de se ver fora do corpo. Lidar com a finitude tão de perto é uma lição que venho aprendendo há vinte anos, quando fui diagnosticada com a doença”, disse ela, que citou o sacramento da Igreja Católica, a extrema-unção, que é dado para quem está muito doente e foi desenganado pelos médicos.

Apesar de sua luta diária pela saúde, Claudia Rodrigues tem o sonho de voltar a fazer comédia. “Já me livrei da cadeira de rodas, das muletas e, em breve, poderia me equilibrar sem o auxílio do andador. Em casa, crio personagens e ensaio meus textos diariamente. Tenho limitações, claro, mas me sinto forte para voltar a atuar. Sentada, consigo fazer tudo, inclusive comédia. Estar com o público é a minha vida. E luto o tempo todo por ela”, contou.