Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

BBB

Bianca Andrade, a Boca Rosa, fala pela primeira vez sobre ser processada pela Globo

Influencer esclarece o que aconteceu ao ver notícia de que quebrou acordo de exclusividade

Bianca Andrade
Bianca Andrade - Crédito: Reprodução / Instagram

A influencer e youtuber Bianca Andrade, a Boca Rosa, se pronunciou após ser divulgada a notícia de que a Globo vai processá-la por quebra de acordo de exclusividade. Ela conversou com o Hugo Gloss sobre o assunto e disse que não viu conflitos de interesses ao assinar os contratos com a Globo e com a Amazon para fazer o Big Brother Brasil e o Soltos em Floripa.

Agora, ela contou que sua equipe vai esclarecer o que aconteceu.

“Eu recebi a notícia com grande surpresa. Eu nunca adotaria uma estratégia para estar em dois programas ao mesmo tempo, não vejo benefícios, e não sou esse tipo de pessoa. O contrato com a Amazon foi assinado antes do acordo com a TV Globo. E, na época, pela interpretação da minha equipe pessoa, os dois não conflitavam entre si. […] Ressalto que cumpri o contrato da TV Globo em sua integridade, inclusive indo até a final do programa no dia 27 de abril. Mas estou totalmente disposta a resolver esse problema. Não quero ficar mal com ninguém e nem deixar que pensem que foi algum tipo de estratégia, isso não tem cabimento. Vou encarar de frente e aprender com isso, como mulheres fortes sempre fazem na vida”, disse ela.

Entenda:

O site Notícias da TV, de Daniel Castro, informou que a Globo abriu um processo contra a influencer e youtuber Bianca Andrade, a Boca Rosa, que participou do Big Brother Brasil 20. A emissora alega que ela quebrou o acordo de exclusividade por não ter informado que estava no elenco do reality show Soltos em Floripa, do Prime Video.

De acordo com a publicação, Bianca não poderia participar de programas em qualquer concorrente do Grupo Globo por um período pré-determinado. No entanto, a sua participação no Soltos em Floripa foi anunciada antes deste período.

Assim, a Globo diz que ela violou o contrato assumido e agiu de má-fé por não ter informado o compromisso com a concorrente na hora de assinar com o Big Brother Brasil. Deste modo, o processo visa cobrar uma multa de R$ 500 mil, disse o site.