Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

A Fazenda

Liziane Gutierrez abre o jogo sobre harmonização facial

Liziane Gutierrez - Crédito: Reprodução / Record
Liziane Gutierrez - Crédito: Reprodução / Record

Em A Fazenda 13, Liziane Gutierrez relembra inchaço após procedimento no rosto e revela que quer fazer nova cirurgia plástica

Confinada em A Fazenda 13, da Record, Liziane Gutierrez contou a história de quando teve problemas após uma harmonização facial. Em conversa com Aline Mineiro, ela lembrou que achava que era uma alergia, mas, depois, recebeu a notícia de que teve excesso de produto no procedimento. Assim, a modelo passou por novos procedimentos nos Estados Unidos para retirar a harmonização.

“Eu fiz a harmonização em 2018 e tive a rejeição. Eu cortei minha boca inteira. [Deu errado] por excesso. Tem laudo médico que eu uso no processo. Assim, eu não sei até quanto pode colocar, a pessoa que está fazendo o procedimento tem que saber. Quando começou a dar o problema, falou que é alergia, alergia, alergia… Foi horrível”, disse ela. 

E ainda relembrou quando o caso viralizou na imprensa norte-americana. “Quando saiu no TMZ, o médico daqui me ligava todo santo dia com medo de dar merda pra ele. Igual estou sendo aqui, tentei ser justa com ele. Cara, ele mandou a Gretchen, ele é amigo dela, falar comigo que aquilo era alergia. Eu tava lidando com aquilo como alergia até os médicos dos Estados Unidos dizerem que era excesso [de produto] e comecei a fazer o processo de retirada. Doía absurdamente”, relatou. 

Por fim, a artista disse que quer fazer um novo procedimento estético em breve.“Aí, passou, fiz os negócios e meu rosto praticamente voltou ao normal. (…) Fiz umas oito drenagens, mas tinha que fazer muito mais por causa da complexidade da cirurgia. Em dezembro, eu vou operar meu nariz e vou ver se sobrou alguma coisa [da harmonização] no meu rosto”, declarou. 

A equipe de Liziane Gutierrez já informou que está atenta aos ataques que a modelo vem recebendo na internet e vai tomar as medidas necessárias. “Em nome da assessoria e colaboradores que prestam serviços para Liziane Gutierrez, viemos por meio deste informar que repudiamos qualquer ato de assédio moral, ataques de ódio e cyberbullying. O ato de insultar, humilhar e praticar violência psicológica na internet também é considerado crime e fere a integridade moral da modelo”, declararam.