Publicidade

Maria Cândida faz reflexão sobre a vida aos 51 anos: ‘Muito amor por essa jornada’

Jornalista Maria Cândida fez uma breve retrospectiva de seus 51 anos no dia de seu aniversário

Maria Cândida. Foto: Reprodução/Instagram
Maria Cândida. Foto: Reprodução/Instagram

Maria Cândida compartilhou com os seguidores uma reflexão sobre seus 51 anos de idade. A jornalista, que faz aniversário nesta quarta-feira, 22/06, publicou nas redes sociais um texto agradecendo as oportunidades e experiências que a vida proporciona.

Publicidade

5h, despertei. 51 anos. Hoje quero me abraçar com muito amor por essa jornada. E só por ter chegado até aqui… Que haja sol. Que gratidão nascer mulher, vivenciar o grito, o hino feminino finalmente ecoando. Viva a revolução da descoberta do poder que toda mulher tem“, iniciou Maria Cândida na legenda da postagem. Ao longo da reflexão, a jornalista fez uma breve retrospectiva de tudo o que já viveu em seus 51 anos de vida.

Fui uma adolescente inquieta. Vivi a explosão do rock nacional na SP dos anos 80, dancei, cantei, namorei. Me formei jornalista nos anos 90 e viajei o mundo sozinha. […] Este ano completo 30 anos de carreira. Fui desde moça do tempo, repórter de buraco de rua à apresentadora do Oscar. Entrevistei quase todos os fod*es de Hollywood. Também roubei sabonetinho da Bulgari do hotel, em Beverly Hills“, escreveu Maria Cândida na postagem.

De 2010 à 2016, quebrei, perdi dinheiro, vendi apto, carro, fiquei na m… entrei em depressão. Voltei. Aos 45+ peguei o celular e reconquistei tudo. Em muitos momentos, como a maioria das mulheres, não me dei o devido valor, me maltratei, me puni e me culpei. Mas sem essas dores também não teria visto a beleza dos recomeços, do poder que a maturidade me trouxe. Um degrau acima, a visão mais ampla“, desabafou a jornalista.

Maria Cândida finalizou a reflexão contando que atualmente possui a confiança e autoestima que nunca teve. “Aos 39 anos estava perdida, frágil, tudo parecia confuso e não tinha certeza do mantra que hoje guia a minha vida: ‘Não importa o que aconteça amanhã ou daqui 5 minutos… Confio que terei habilidade suficiente para lidar da melhor forma possível com tudo… e só de saber disso, respiro uma confiança e uma autoestima que nunca tive’“, concluiu.

Publicidade

Veja o texto completo da jornalista Maria Cândida!

Siga a Márcia Piovesan no Google News e acompanhe nossos destaques