Luta contra o álcool e muita terapia; Saiba por onde anda o Mosca de ‘Chiquititas’

Pierre Bittencourt, o Mosca da primeira versão de ‘Chiquititas’, fala sobre os problemas com a bebida e relembra sucesso na novela infantil

Pierre Bittencourt,o Mosca de Chiquititas. Foto: Thiago Fontana
Pierre Bittencourt,o Mosca de Chiquititas. Foto: Thiago Fontana

Aos 38 anos, Pierre Bittencourt, o Mosca da primeira versão de Chiquititas (1997), do SBT, abriu o jogo sobre a luta contra o álcool e fez um balanço sobre a carreira como ator. Em um bate-papo com Notícias da TV, o ator falou que resolveu seu problema com a bebida através de terapia.

Publicidade

“Eu entendi que era melhor eu parar. Não tinha um grau de alcoolismo alto, mas eu tomava cerveja praticamente todos os dias”, confessou o ator, que completou: “O excesso é uma falta que existe dentro de você e que precisa ser investigado. Mas a gente consegue, é um processo de evolução do ser humano”.

Com uma carreira de anos, além de Chiquititas, Pierre trabalhou em diferentes áreas do mundo artístico. Na TV, teve experiências não só em novelas, mas também no humor e reportagem. Integrando o elenco de A Praça é Nossa há 16 anos, entre idas e vindas, ele começou com uma participação especial como um clone de Zé Bonitinho e chegou há fazer parte do elenco fixo.

Agora, ele reestreia no teatro no próximo mês na peça O Amante do Meu Marido, no Teatro Santo Agostinho, comédia dirigida por Miriam Lins, que conta também com Milton Levy, Marisa Maia e Adelita Del Sent no elenco.

Chiquititas

Apesar dos inúmeros trabalhos na carreira, Pierre não esconde a felicidade de ser reconhecido pelo trabalho em Chiquititas, versão lançada em 1997, com Fernanda Souza e Carla Diaz no elenco.

Publicidade

“É muito bonito, porque é um sinal de que foi um trabalho muito bem feito, o que me dá uma sensação de missão cumprida. É gratificante demais quando me encontram e falam que adoram o Mosca”, afirmou.

Publicidade
Siga a Márcia Piovesan no Google News e acompanhe nossos destaques

LETICIA COUTO é formada em Jornalismo, pós-graduada em Comunicação e Produção de Moda e trabalha em redação desde 2020. Já escreveu nas editorias de comportamento e entretenimento, com passagens pelos sites Rolling Stone Country, Máxima Digital, Tititi, Minha Novela, Márcia Piovesan e Mais Novela.