Roberta Miranda diz ter sido maltratada por segurança de Gusttavo Lima

Cantora foi barrada na porta do camarim e não gostou da situação
Roberta Miranda faz campanha em prol do GACC
Roberta Miranda | Foto: Divulgação/TV Globo
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Durante o festival “Buteco” na noite do último domingo (20), Roberta Miranda passou por maus bocados. Em longo desabafo publicado em suas redes sociais, a cantora disse ter sido maltratada pelo segurança de Gusttavo Lima e que ele a impediu de se aproximar do cantor.

“Olá, galera. Vocês que me conhecem sabe muito bem que eu me preocupo com amigos e colegas. Então eu vim no Anhembi, ver o Gusttavo, dar um abraço nele. Porque eu fiquei sabendo que ele passou mal em Belo Horizonte, e também passou mal hoje, e chegou a ambulância para socorrê-lo. Bom, aí eu falei: ‘Vou entrar para dar um respaldo para meu colega´. Ai o Paulão, segurança dele, meteu a mão no meio e disse que eu não iria entrar”, iniciou o relato.

“Eu fui e falei: ‘Poxa Paulão, eu só vim aqui dar um abraço nele. Quem sabe se ele precisar de algo eu possa ajudá-lo’. Bom, fiquei na minha. Ai a assessora veio correndo e disse que o Gusttavo iria entrar no palco. Ai eu falei: ‘Bom, antes dele entrar eu vou dar um abraço nele’. E fui em direção a rampa. Este cidadão, o segurança do Gusttavo Lima, o Paulão, me brecou de novo. Ai eu disse: ‘Poxa Paulão, não é assim que se faz com as pessoas’. O meu segurança trabalha comigo há anos e se um dia ele maltratar um colega meu eu coloco ele para fora na mesma hora. Nem colega meu, nem fã”, continuou.

Ainda muito brava e chateada com a situação toda, a musa sertaneja questionou a postura do segurança. “Vontade de dar um tranco nesse Paulão eu tive. Mas eu vim embora. Porque realmente foi nojento o que esse cara fez. Acreditem em mim, o que esse cara fez, em 33 anos de carreira, ninguém nunca fez comigo. Sendo eu uma representante da música sertaneja. Sendo eu, querendo ou não, uma mulher. Porque ele poderia ser mais educado. Mas ele se invocou, o que ele fez foi nojento. Então, eu to indo embora. Estou fora desse tipo de gente sem elegância e sem educação. Eu tô fora”, concluiu.

Gusttavo Lima ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Veja mais

Últimas Notícias