Cunhado de Ana Hickmann é absolvido da acusação de homicídio

Empresário foi acusado da morte de homem que fez Ana e sua equipe refém
Ana Hickmann e Gustavo Correa | Foto: reprodução/instagram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Chegou ao fim um drama que tem assolado Ana Hickmann nos últimos três anos. Em audiência realizada em Belo Horizonte na tarde desta terça-feira (10), o colegiado chegou a conclusão de que Gustavo Correa é inocente da acusação de homicídio culposo, quando há intenção de matar.

A decisão foi realizada em segunda instância e o resultado unânime, de três votos a zero. O empresário foi acusado da morte de Rodrigo Augusto de Pádua, que invadiu o hotel aonde a apresentadora estava e fez ela e sua equipe refém sob a mira de uma arma. Gustavo aproveitou um momento de distração de Rodrigo e disparou três tiros nas costas.

Após a decisão, Ana usou suas redes sociais para celebrar a decisão. “MEU DEUS MUITO OBRIGADA!!!! 3 a 0!!!!! LEGÍTIMA DEFESA!!!! Mais uma vez a justiça foi feita🙏🙏🙏 Decisão dos Desembargadores 🙏🙏🙏 Obrigada por todos que oraram , por todos que torceram, obrigada por cada mensagem de apoio e carinho. Agradeço ao nosso advogado @fernandojosedacostaadvogados pelo trabalho excepcional ,por ter defendido o Gustavo e por ter trazido de volta pra nossa casa a Paz🙏”, disse.

Veja mais

Últimas Notícias