Juliana Paes vai aparecer mais velha e sem vaidade em filme em 2020

Atriz quer ‘desacelerar’ no próximo ano
Juliana Paes
Juliana Paes em cena do filme Predestinado Arigó Foto: Reprodução YouTube
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Juliana Paes já sabe o que quer para 2020: um ano com menos trabalho. Mas, menos para ela, não significa nenhum trabalho. A atriz, que recentemente brilhou e foi premiada com sua personagem Maria da Paz em A Dona do Pedaço, já tem novo trabalho para o ano que começa na próxima quarta-feira. Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, ela falou sobre o seu próximo trabalho, que deverá ser lançado em junho de 2020.


Ela vai viver uma mulher mais velha e sem nenhuma vaidade em Predestinado – Arigó, o filme que conta a vida do médium José Arigó, que será interpretado por Danton Mello. No longa, Juliana interpreta a mulher do protagonista.


Mas, isso não é um problema para Juliana: “De anos para cá, eu tenho me sentido muito disponível para interpretar papéis variados”, disse à colunista. Ela também falou que tem estado mais à vontade para se arriscar em novas personagens e que também não tem mais receio das sequências de nudez e sexo. “Tenho uma relação muito livre com o corpo em cena. Hoje em dia, não consigo mais pensar: ‘Ai, vou ter que usar meu corpo’. Se acredito que aquilo é necessário em cena, não tenho o menor pudor. O corpo do ator é ferramenta, precisamos dele para contar aquela história. Então, eu me sinto entregue. Confio inteiramente que a narrativa, no final das contas, vai ser sempre mais impactante”.

Veja mais

Últimas Notícias