Record desliga operador após ofensa de “racismo” contra Sabrina

A Record TV se pronuncia e anuncia a demissão do funcionário que ofendeu a ex miss São Paulo
Sabrina Paiva
Sabrina Paiva | foto: reprodução
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Diante do acontecido na noite de ontem, 5, quando Sabrina Paiva diz ter ouvido claramente uma pessoa da produção do programa A Fazenda 11, da Record TV, chamando-a de “macaca”, a emissora emitiu uma nota para a imprensa informando o desligamento do tal operador de câmera. Confira:

COMUNICADO RECORD TV:

“A Record TV informa que ontem, 05/11, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente. A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar. A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções”.

Mas segundo informações, a família da Sabrina já acionou advogados que cuidarão do caso aqui fora, enquanto a peoa e fazendeira da semana está confinada.

Veja mais

Últimas Notícias