Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

TV

Globo pede desculpas após noticiar falsa prisão de Paulo Cupertino

Emissora diz que as autoridades se confundiram e o suposto assassino de Rafael Miguel continua foragido

Rafael Miguel
Rafael Miguel | Foto: reprodução/instagram

A TV Globo voltou atrás após noticiar a suposta prisão de Paulo Cupertino, que é o acusado de ter assassinado o ator Rafael Miguel e seus pais. Em nota no site G1, a emissora revelou que as autoridades envolvidas na investigação se confundiram e revelaram falsas informações sobre o caso. Deste modo, Paulo Cupertino não foi preso e continua foragido.

A confusão aconteceu quando o delegado-geral de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, informou a suposta prisão para a redação da Globo e eles noticiaram na televisão. No entanto, pouco depois, a Polícia Militar do Paraná revelou que Paulo Cupertino não foi preso e houve uma confusão na informação.

Em nota, a Globo pediu desculpas pelo erro. “Com base na informação da polícia de São Paulo, o G1 chegou a noticiar a prisão de Paulo Cupertino. Essa notícia foi chamada com destaque no G1 e nas redes sociais do G1. E foi enviado um alerta por celular. Pelo erro, pedimos desculpas”, escreveram.