Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

TV

Globo decide demitir cinegrafista após acusação em Tóquio

Globo - Crédito: Reprodução / Globo
Globo - Crédito: Reprodução / Globo

Produtoras fazem acusação de assédio contra cinegrafista, diz site. E Globo confirma demissão

A TV Globo decidiu demitir um dos cinegrafistas que faziam parte da equipe que vai cobrir as Olimpíadas de Tóquio, no Japão. Segundo reportagens dos sites Notícias da TV e Veja Rio, a demissão aconteceu após duas produtoras acusarem o profissional de assédio durante uma festa de confraternização da equipe.

De acordo com as publicações, o caso teria acontecido quando a equipe da Globo comemorava o aniversário de outro cinegrafista. Assim, no dia seguinte, as produtoras levaram a denúncia para a chefia, que mandou o cinegrafista de volta ao Brasil. Assim, a emissora optou por demiti-lo.

Em nota, a Globo confirmou a demissão e informou que não se pronuncia sobre assuntos da Ouvidoria.

Por decisão da Globo, que não foi tomada por nenhum profissional do time que está em Tóquio, o repórter cinematográfico Mikael Fox não faz mais parte do time de Esporte da empresa. Sobre os questionamentos de compliance, a Globo não comenta assuntos de Ouvidoria, mas reafirma que todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes”, informaram.