Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Novelas

ASSÉDIO | Roger Sadala é condenado

Na sala de audiência, médico encara suas vítimas, é julgado, mas fica em liberdade

Depoimento de Stela ( Adriana Esteves ) frente a frente com Roger ( Antonio Calloni )
Depoimento de Stela ( Adriana Esteves ) frente a frente com Roger ( Antonio Calloni ) | Foto: Globo/Ramón Vasconcelos

No próximo episódio de Assédio, que vai ao ar na próxima sexta, dia 5, Roger Sadala (Antonio Calloni) vai para o banco dos réus e é na sala de audiências de seu julgamento que vamos ouvir o depoimento das vítimas do médico. Algumas delas ainda desconhecidas do público, como as que marcam as participações especiais de Monica Iozzi e Bárbara Paz na série. São novos relatos, novas dores, novas mostras de força e superação, que vêm à tona quando elas ficam frente a frente com seu algoz.

As vítimas foram surgindo e passando a dignidade e a vida a limpo diante do tribunal desde que Mira (Elisa Volpatto), finalmente, consegue publicar sua reportagem com as denúncias das ex-pacientes.

Roger nega tudo, é julgado, condenado e tem seu registro médico cassado. Apesar de condenado, o médico deixa a sala de audiências solto, sem algemas, ainda com seu mandado de prisão pendente. Em casa, Carolina (Paolla Oliveira) reitera seu apoio ao companheiro. Do lado de fora, uma multidão clama por justiça.