Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Mônica Martelli faz homenagem a Ju Amaral, irmã de Paulo Gustavo

Mônica Martelli faz homenagem a Ju Amaral, irmã de Paulo Gustavo. Foto: Reprodução/Instagram
Mônica Martelli faz homenagem a Ju Amaral, irmã de Paulo Gustavo. Foto: Reprodução/Instagram

Completando mais um ano de vida, Ju Amaral ganhou uma declaração da atriz nas redes sociais

Ju Amaral, irmã de Paulo Gustavo, ganhou uma emocionante declaração de Mônica Martelli. Então, nesta quarta, 28/07, Juliana está completando mais um ano de vida e ganhou uma homenagem da atriz. Assim, Mônica mostrou registros da aniversariante e destacou o quanto Paulo Gustavo foi importante na amizade delas.

“Meu amigo Paulo Gustavo potencializou e transformou minhas relações, minha vida, meu humor. Trouxe amigos, novos amores e dentro dessa imensidão de afeto veio a Juliana”, assim iniciou. 

Então, continuou: “Desde o primeiro dia que conheci a Ju já me apaixonei por ela, engraçada igual ao irmão, amorosa, protetora, verdadeira. A Ju Amaral é amor. Feliz aniversário, Juliana. Te amo e te quero sempre comigo. Você é família. Minha irmã. Parabéns”.

Por fim, os admiradores da aniversariante não pouparam elogios nos comentários da publicação de Mônica Martelli. “Parabéns, estou torcendo pela sua felicidade”, então disse um. “Desejo muito amor, saúde e luz divina para Juliana”, assim comentou outra.

++ Ainda mais, irmã de Paulo Gustavo rebate fake news sobre o humorista

Ju Amaral e Mônica Martelli

Além disso, recentemente a irmã de Paulo Gustavo, surpreendeu a web ao se declarar a Mônica Martelli. Então, após ser criticada por ir à festa de aniversário de Marina Ruy BarbosaMônica recebeu o carinho da irmã do humorista que faleceu em maio deste ano vitima da Covid-19.

Então, na publicação, Ju Amaral citou uma frase de Chico Xavier que fala sobre a importância de reconhecer os próprios erros. “A melhor maneira de aprender a desculpar os erros alheios é reconhecer que também somos humanos, capazes de errar talvez ainda mais desastradamente que os outros”, assim dizia a frase.