Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Luisa Mell critica Claudia Ohana após devolução de cachorros a ONG: ‘Tenha responsabilidade’

Após atriz ter sido acusada de devolver os filhotes para a ONG, ativista faz longo desabafo: ‘Alguns adoecem de tanta tristeza’

Luisa Mell e Claudia Ohana
Luisa Mell e Claudia Ohana - Crédito: Reprodução / Instagram

Na noite desta última segunda-feira, 20/07, Luisa Mell abriu o coração e falou sobre a polêmica envolvendo a atriz Claudia Ohana, após ter sido acusada por uma ONG de adotar dois filhotes e devolvê-los.

A ativista decidiu se manifestar sobre o ocorrido e disse que muitas pessoas pediram para ela se posicionar sobre o caso. Através do Instagram, Luisa Mell falou sobre o assunto.

Muitas pessoas me escreveram para eu me posicionar sobre a polêmica envolvendo a atriz Claudia Ohana e a ONG Projeto Toca dos bichos. Pra quem não sabe ela adotou dois filhotes em dezembro e devolveu quando começou a pandemia porque eles estavam destruindo sua sala”, iniciou ela.

“Infelizmente este caso não é único. Só neste ano, 50 animais foram devolvidos para o Instituto Luisa Mell: “ele cresceu muito”, “ele destruiu muitas coisas”, “meu novo namorado não gosta de cães”, “ eu tô sem tempo”, são algumas das desculpas que tenho o desprazer de escutar”, continuou.

Logo em seguida, a ativista comentou sobre os animais que são devolvidos: ”Mas o pior mesmo é ver o sofrimentos dos animais que são devolvidos. Alguns choram dia e noite sem parar. Alguns adoecem de tanta tristeza. Muitos que são adotados filhotes e devolvidos adultos, nunca mais tem uma nova chance… como é o caso do Lucas que está abraçado comigo na foto. Ele foi devolvido porque cresceu demais”, disse.

Por fim, Luisa mandou um recado: “Animais resgatados por ongs normalmente já sofreram muito. Nós fazemos um tratamento psicológico com muitos. Vocês tem ideia do quanto é devastador para eles serem devolvidos? Claudia, eu sei exatamente o que é ter uma casa destruída por um filhote. Sei que não é fácil… nem agradável. Mas não é comparável a dor de ser abandonado. “Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas” ou tenha responsabilidade nas suas ações quando elas envolvem seres que tem sentimentos!”, encerrou.