Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Irmã de Rafael Miguel faz desabafo um ano após a morte do ator

Irmã do ator Rafael Miguel, que faleceu há um ano, chora ao falar da saudade

Rafael Miguel e Camilla Miguel
Rafael Miguel e Camilla Miguel

Nesta terça-feira, 09/06, completou um ano da morte do ex-ator mirim Rafael Miguel e de seus pais, Selma e João Alcisio. Para homenageá-los, a irmã dele, Camilla Miguel, gravou um vídeo emocionante sobre o que viveu neste último ano após a tragédia familiar.

Rafael e os pais foram mortos a tiros em São Paulo na frente da casa da namorada do rapaz. O principal suspeito é o pai da namorada de Rafael Miguel, mas o homem está foragido desde o dia do crime.

Agora, Camilla Miguel chorou ao falar sobre a saudade de sua família.

“Oi, mãe. Oi, pai. Oi, Rafa. Hoje faz um ano que a gente não está mais junto presencialmente. Pensei muito em escrever um texto, mas não é um dia para isso. Realmente não consigo estruturar e colocar para fora. Eu só queria conversar com vocês. Sinto falta e o que mais queria era isso. De alguma forma, tive um bloqueio esse ano para parar e conversar. Nos falamos um pouco em sonhos, mas muito pouco, talvez por um bloqueio meu, mas acho que a gente vence em etapas. Para quebrar esse bloqueio, resolvi fazer isso em vídeo porque, às vezes, sei que faço isso melhor. (…) É engraçado que quando eu acho que mais vou me sentir mal é quando eu sinto a presença de vocês, a vida de vocês. A raiva, o ódio e a tristeza não tomam conta, mas obviamente não significa que a gente tenha superado. Eu só sinto vocês de uma forma muito bonita e gostosa, como se estivessem aqui… Queria falar com cada um de vocês e lembrar”, afirmou.

Além disso, a jovem falou sobre como era a sua relação com o irmão. “Poxa, você tinha tanta coisa pela frente… nossa relação sempre foi muito de amor, não éramos melhores amigos, brigávamos, brincávamos, você era muito arteiro, quebrava tudo. Quando cresceu virou uma pessoa completamente diferente, um verdadeiro canceriano sensível e sentimental. Legal até demais. Você cumprimentava todo mundo com um bom dia e um beijo no rosto. Era alguém gentil, humilde, ajudava e isso era genuíno. Tenho muito orgulho de quem você foi. Tenho muito orgulho de quem você se tornou”