Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Grávida, Bruna Surfistinha revela que parto será humanizado

Grávida, Bruna Surfistinha revela que parto humanizado. Foto: Reprodução/Instagram
Grávida, Bruna Surfistinha revela que parto humanizado. Foto: Reprodução/Instagram

A espera do nascimento das gêmeas Elis e Maria, Bruna contou detalhes sobre a reta final da gestação

Grávida de 8 meses, Bruna Surfistinha, a Raquel Pacheco, surpreendeu os seguidores ao revelar decisão importante. Nesta quarta-feira, 30/06, a empresária usou as redes sociais para falar sobre os últimos meses da gestação e anunciou a decisão de que o parto “será humanizado”.

Ainda mais, noiva de Xico Santos, pai das gêmeas Elis e Maria, Bruna escreveu um ‘textão’ sobre a gravidez e destacou os sentimentos que, na reta final da gestação, estão aflorados.

“Já estamos rumo aos 8 meses de Elis & Maria no forninho! O tempo está voando. Mesmo que eu esteja louca para vê-las e senti-las em meus braços e abraços, queria tanto que o tempo parasse um pouco para aproveitar ainda mais esta fase que é deliciosa, mesmo havendo os vários poréns. Fácil não é, verdade seja dita”, iniciou. 

Assim, seguiu a revelação: “Nestes últimos dias, os movimentos delas estão tão intensos que me pergunto se já estão querendo nascer. Por falar nisso, nesta semana tomei uma grande decisão quanto ao parto: será humanizado! Queria que fosse domiciliar, mas entendi que por ser gêmeas, é mais seguro que seja no hospital. Tenho assistido vídeos de partos humanizados, me acabo de chorar em todos. Aliás, estou mais sensível que o normal, me emociono até com propaganda de margarina”. 

Sentimentos aflorados

Então, continuou: “Hoje participei ao vivo do @melhordatardeband e enquanto assistia o vídeo que fizeram sobre mim, tive que me controlar pra não chorar. Minha sensibilidade extrema tem um motivo: minhas bebês são arco-íris, definição mais linda que alguém criou”. 

Em seguida, destacou a mamãe: “Conto todos os detalhes na minha autobiografia sobre a tempestade que enfrentei em 2017 e até a chegada do meu arco-íris neste ano, foi um longo período de dor e cheguei a acreditar que não teria outra oportunidade de ser mãe nesta vida. A dor sempre existirá, mas a chegada das meninas me trouxe novamente brilho no olhar”.

Por fim, escreveu: “Nessa época do ano, sempre fico mais sensível por conta dessa situação. Não vou me estender nesse assunto agora porque mexe demais comigo, talvez nunca mais me vejam comentando sobre, apenas contei no livro porque é uma situação que fez parte dos meus 36 anos neste mundão. 

Assim, Bruna Surfistinha finalizou: “Desejo que o arco-íris surja para todas que ainda desejam ser mães, uma hora ele vem, acreditem! Se você que tá lendo agora faz parte desse grupo de mulheres, sinta-se abraçada por mim, Maria e Elis!”.