Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Diretor de TV se arrepende de ter expulsado Sandy e Junior de programa

Marcelo de Nóbrega revela que é o envolvido na história de cantor e afirma que se arrepende

Marcelo de Nóbrega e Xororó
Marcelo de Nóbrega e Xororó - Crédito: Reprodução / Instagram; Globo

Após o depoimento de Xororó viralizar sobre a história de que um diretor de TV expulsou Sandy e Junior de programa, a polêmica ganhou um novo capítulo. Desta vez, o diretor de TV Marcelo de Nóbrega, filho do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega, assumiu que estava envolvido na história que Xororó contou no documentário Sandy e Junior – A História, do Globoplay. No depoimento, o cantor disse que tem mágoas de um diretor que implicou os seguranças dos filhos e colocou todo mundo pra fora do programa.

Ao ver a história circulando pela web, Marcelo de Nóbrega resolveu dar a sua versão dos fatos em entrevista no site Na Telinha. “A história verdadeira foi que eles foram convidados por mim [para gravar A Praça É Nossa], inclusive, porque gosto muito deles, são muito queridos. Quando olho para fora, vejo chegando um ‘exército’ no SBT. Começou a entrar segurança atrás de segurança. Parecia que tinha chegado o presidente da República“, disse.

Então, ele continuou explicando: “Perguntei ao responsável da gravadora se podia tirar os seguranças, porque eles começaram a barrar os artistas da Praça. Falei: ‘Não é para barrar os nossos artistas que vocês estão aqui’. Ele: ‘Não quero saber, se os seguranças não ficarem eles não gravam’. Ele me afrontou no meu programa, na emissora onde eu trabalho. Esse cara da gravadora foi o grande culpado. Falou: ‘Se você quiser, levo eles embora’, , como se não precisassem da Praça. O meu sangue ferveu, fui proteger os meus artistas. Não precisava daquele exagero. Ele me enfrentou e eu o enfrentei“. 

Para finalizar o assunto, o diretor confessou que se arrepende da atitude que teve. “Eu, como pai, teria a mesma reação que ele teve. Hoje, eu me arrependi do que fiz. Eu podia ter dado uma volta no quarteirão e contado até dez antes de gravar. Se eu pudesse voltar atrás, eu não faria, por serem dois artistas tão queridos quanto Sandy & Junior, porque eles saíram chorando de lá por uma grosseria de um profissional da gravadora que se achou mais importante do que o diretor e o apresentador do programa“, concluiu.