Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

De biquíni, irmã gata de Fiuk exibe corpão na web

Fiuk e a irmã Tainá Galvão
Fiuk e a irmã Tainá Galvão - Crédito: Reprodução / Instagram

Irmã de Fiuk arrasa ao mostrar o corpo sequinho em fotos com biquíni mínimo

Irmã de Fiuk e filha de Fábio Jr, Tainá Galvão elevou a temperatura das redes sociais ao colocar seu corpão para jogo. Com sol no último final de semana, ela colocou o biquíni e foi renovar o bronzeado na área externa de sua casa.

Nas fotos, ela mostrou que está magérrima ao investir no look mínimo e fininho. Ela ainda caprichou na pose para mostrar suas curvas perfeitas. “Feliz da vida porque saiu sol e porque Cheche e Gil ganharam o anjo”, disse Tainá na legenda.

Tainá é filha Fábio Jr com a artista plástica Cristina Kartalian.

Tainá Galvão, irmã de Fiuk
Irmã de Fiuk, Tainá Galvão – Crédito: Reprodução / Instagram
Tainá Galvão, irmã de Fiuk
Tainá Galvão, irmã de Fiuk – Crédito: Reprodução / Instagram

Defesa da irmã

A atriz e cantora Cleo se pronunciou sobre os comentários envolvendo o nome do irmão, Fiuk, nas redes sociais. Confinado no Big Brother Brasil 21, ele contou que já chegou a ter de pressão e sofre de TDAHI. Mesmo assim, os internautas fizeram comentários maldosos e Cleo saiu em defesa do irmão.

Não vejo problema numa pessoa que chora por tudo porque é justamente a questão da hipersensibilidade dele por ter TDAHI. Acho bem grave zoarem com esse tipo de coisa”, disse ela nas redes sociais.

Então, Cleo comentou sobre os assuntos que Fiuk defendeu no convívio do BBB21. “Ele é um menino que já estava muito interessado no estudo de gênero, de lugar de privilégio que ele ocupa sendo um homem branco, cis, hétero. Tudo que ele fala e todo mundo cai matando em cima dele. Entendo que fica um tom professoral no início quando você está estudando tudo isso e tentando desconstruir tanta coisa errada, mas é um processo legítimo, é um processo genuíno. Sinto orgulho dele ser um homem com tantos privilégios e querer descontruir essas coisas, de querer entender como ele pode contribuir com o entorno dele através desses privilégios”, relatou.