Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

Famosos

Cássia Kis emociona ao contar sobre a morte da mãe na pandemia

Atriz revela que não conseguiram velar a mãe como desejavam: ‘Foi-se sem eu vê-la, sem eu me despedir’

Cássia Kis
Cassia Kis - Globo / João Cotta

A atriz Cássia Kis emocionou ao contar sobre a morte de sua mãe, Dona Piedade Monteiro. Ela faleceu em plena pandemia, no mês de agosto, e a família não conseguiu se despedir como desejavam. Cássia contou que o processo do enterro foi muito rápido.

Em conversa com a colunista Patricia Kogut, do Jornal O Globo, ela contou: “Ela partiu no fim de agosto, em plena pandemia. Não morreu de Covid, mas foi colocada dentro de um saco como todos; foi-se sem eu vê-la, sem eu me despedir. Enfiaram o corpo dentro de um caixão e não conseguimos nem colocar uma roupa, não a vimos no pós-morte. Sei que foi um até logo. Pedi muito para que minha mãe fosse bem recepcionada, bem cuidada, que os espíritos a conduzissem para um bom lugar. É tão forte. Sinto saudade, queria ter segurado a sua mão. Passei meses dizendo à minha irmã: “Dinha, estou me organizando para ir aí. Quero ficar segurando a mão da mamãe. Eu queria só estar perto segurando a mão dela”. Mas minha família me disse que, dias antes, ela estava cantando muito, estava divertida. Ela estava em paz. Estavam todos em paz, prontos”.

Agora, Cássia Kis lida com o luto com a ajuda de conteúdos que encontrou na internet “A internet me ajudou muito. Acessei conteúdos de pessoas que vêm me ajudando: psicólogos, terapeutas, sociólogos, filósofos, gente ocupada com uma melhor qualidade de vida para si e para os outros. Isso tem feito uma diferença muito grande para compreender a partida da minha mãe, para o amor dela aumentar ainda mais em mim, para que esse legado se aprofunde”, disse.