Fale conosco

O que vc está procurando?

Márcia Piovesan

CARNAVAL 2020

Após atraso, Mancha Verde desfila pelo Bi

A rainha de bateria, Viviane Araújo, é um dos destaques da escola

Mancha Verde desfila com atraso de uma hora
O grandioso carro abre-alas da atual campeã, Mancha Verde

Com mais de uma hora de atraso, a quarta escola a entrar no sambódromo do Anhembi na primeira noite de desfiles do grupo especial do Carnaval de São Paulo foi a Mancha Verde.

O atraso aconteceu devido a um problema com um carro da Dragões da Real na dispersão. A alegoria ficou presa na fiação e técnicos da Eneel precisaram intervir. Parte da luz do sambódromo foi cortada para solucionar o imprevisto e, após quase uma hora a situação foi normalizada e a Mancha entrou na avenida.

A escola tem a missão de defender o título conquistado no ano passado e vai em busca do bicampeonato.

O enredo da agremiação, Pai! Perdoai, Eles Não Sabem o que Fazem, faz um registro sobre os erros e atos condenáveis da história da humanidade, em uma comparação com o sofrimento de Jesus Cristo no calvário.

Viviane Araújo é um dos grandes destaques da Mancha à frente da bateria, no posto de rainha, pelo 15º ano consecutivo. Dessa vez, com uma fantasia toda vermelha e luvas com garras, Vivi explicou que está representando a vaidade do mal.

Será que a escola leva o caneco mais uma vez? A disputa este ano está acirrada!