Fale conosco

O que você está procurando?

Márcia Piovesan

A Fazenda

Record mostra depoimento de Dayane Mello antes da saída de Nego do Borel

Dayane Mello dá depoimento para a direção da Record - Crédito: Reprodução / Record
Dayane Mello dá depoimento para a direção da Record - Crédito: Reprodução / Record

Adriane Galisteu comanda A Fazenda 13 ao vivo para explicar argumentos que levaram à expulsão de Nego do Borel e faz alerta para os telespectadores

A apresentadora Adriane Galisteu teve a missão de comandar uma edição ao vivo de A Fazenda 13, da Record, na noite deste sábado, 25/09, por causa da saída de Nego do Borel. Ele foi expulso durante a tarde após ser alvo de uma análise das imagens de uma noite polêmica com Dayane Mello. A emissora informou que fez uma investigação criteriosa do que aconteceu e decidiu expulsá-lo do programa.

“Alguns fatos acontecidos nessa madrugada precisam de esclarecimentos. A produção do programa e a Record TV apuraram desde cedo com muita cautela e cuidado tudo o que aconteceu. Algumas dessas cenas viralizaram nas redes sociais e foram a base para a tomada de decisão“, informou a comunicadora.

Assim, a equipe de direção da Record teve uma conversa com Dayane Mello enquanto a investigação estava em andamento. E a emissora decidiu exibir o depoimento dela, que aconteceu nos bastidores do reality show.

Na conversa com a direção, Dayane foi questionada se lembrava de tudo o que aconteceu na noite anterior e ela disse sim. Porém, a direção questionou se ela lembrava do momento em que os outros participantes a aconselharam a sair da cama de Nego do Borel, e ela negou, dizendo que não prestou atenção nesse momento.

Na sequência, ela foi questionada sobre o que achou das carícias com o cantor, e disse: “Acho que foi tudo natural que aconteceu ontem. Eu estava muito feliz que ele tinha voltado”. Ela ainda disse que eles dormiram abraçados e nada aconteceu. “A gente não fez nada”, disse ela.

Então, a direção perguntou se ela lembrava de ter dito: ‘não posso, eu tenho uma filha’, e a modelo disse que não lembrava. “Eu e o Borel… me parece que são duas pessoas que estão se conhecendo. Ele não foi em nenhum momento abusivo. Eu que deitei perto dele, a gente dormiu abraçado, mas nada aconteceu”, contou em seguida.

Logo depois do depoimento de Dayane Mello, Adriane Galisteu voltou a exibir os trechos em que Dayane disse que não se lembrava do que teria acontecido. “O momento que ela fala ‘eu não posso’, e cita a filha. De novo, ela comentou que não lembrava que isso tinha acontecido. Além disso, durante o dia de hoje, ela também falou para a Aline que não se lembrava do que do que aconteceu”, afirmou.

Por fim, Galisteu contou sobre a decisão da Record TV e deixou um recado para os telespectadores. “Por uma decisão jurídica, o Nego do Borel está fora do jogo, pois, na visão da emissora ele violou a regra de que não se pode colocar a integridade física de uma pessoa em risco. Fica o recado: quando uma mulher diz não, é não. Quando uma mulher alcoolizada diz sim, também é não”, declarou.